Página do Microcrédito

o 1º Weblog sobre microcredito/microcredit & microfinanças/microfinanzas/microfinances

Lula defende estímulo ao crédito para população de baixa renda

Posted by Página do Microcrédito em 20 novembro, 2010

BRASÍLIA – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quarta-feira a ampliação do microcrédito a pessoas de baixa renda para estimular o crescimento do país e a inclusão social. Em discurso na abertura de seminário sobre inclusão financeira promovido pelo Banco Central (BC), Lula disse que a saída para o país crescer é colocar “prata” na mão dos pequenos.

– Quer que esse país cresça e não fique atrofiado, como está acontecendo com economias na Europa? Coloque prata na mão dos pequenos – disse.

Lula enfatizou que os pobres são os melhores pagadores e citou vários números para mostrar como o microcrédito cresceu na sua gestão.

– Estamos exercitando uma coisa simples. Provando que pouco dinheiro na mão de muitos significa distribuição de renda e muito dinheiro na mão de poucos significa concentração de riqueza. – disse, completando: -Não queremos proibir alguém de ter muito dinheiro, queremos apenas exercitar o direito de dar oportunidade a todos de ter um pouco de dinheiro. (…) Muitas vezes houve um excesso de desconfiança , excesso de zelo com a coisa pública (…) – destacou, criticando as restrições ao crédito do passado.

Lula costurou o discurso dando ênfase às vantagens de emprestar aos mais pobres e, no final, fez um comentário entendido como referência ao rombo de R$ 2,5 bilhões descoberto recentemente no Banco PanAmericano.

– Quantas pessoas precisam de apenas R$ 50 para mudar a vida. E quantas vezes a gente vê nos jornais e na televisão pessoas que pegaram bilhões e bilhões emprestado, não geraram emprego e quebraram. Somos obrigados a sair correndo atrás do prejuízo – disse.

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, destacou que a inclusão financeira é um instrumento fundamental de cidadania e exaltou a melhora do emprego e da renda no governo Lula . Segundo Meirelles, além da inclusão financeira –que se traduz, entre outros, na expansão do crédito e no acesso a serviços bancários para as pessoas de menor renda–, o BC também ajuda a melhorar a vida das pessoas por meio do controle da inflação, que resguarda o poder de compra.

– Isso foi uma conquista desse governo, o poder de compra da população – afirmou Meirelles durante a abertura do Fórum sobre Inclusão Bancária do BC.

Meirelles usou vários indicadores para comemorar os resultados dessa iniciativa, como o fato de, em 2002, existirem cerca de 55 milhões de contas correntes no país e, hoje, esse número ter passado de 80 milhões.

Elogiando muito seu chefe, Meirelles classificou o atual governo como “moderno” por focar no social com capacidade de gerar emprego.

– O senhor (presidente Lula, que deixa o cargo no fim do ano) merece hoje a situação de destaque que tem no mundo – afirmou.

Na abertura do seminário foi apresentada a experiência do Banco Comunitário Palma, de Fortaleza (CE), que atende a comunidades de quilombolas, ribeirinhos, aldeias de pescadores, indígenas e favelas urbanas.

Fonte: http://oglobo.globo.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: