Página do Microcrédito

o 1º Weblog sobre microcredito/microcredit & microfinanças/microfinanzas/microfinances

Inadimplência no Fecop chega a 33%

Posted by Página do Microcrédito em 2 julho, 2007

Elevado patamar de inadimplência faz o Estado repensar a política de microcrédito com recursos do Fecop

Diante da alta inadimplência dos programas de microcrédito do Ceará, em 2006, que chegou a atingir o índice de 33% no Fecop (Fundo Estadual de Combate à Pobreza), o governo Cid Gomes pretende adotar uma nova política para a concessão de financiamentos no Estado. Em vez de liberar recursos por meio do crédito direto, a idéia é aproveitar as tecnologias de microfinanciamento já testadas e aprovadas por cooperativas de crédito e ONGs, que se tornaram referência na gestão de empréstimos voltados à economia solidária.

De acordo com a secretária de Planejamento e Gestão (Seplag) do Estado do Ceará, Silvana Parente, dos R$ 8 milhões emprestados pelo Fecop no ano passado, 33%, que corresponde a aproximadamente R$ 2,6 milhões, não foram pagos. ´Esse é um índice de inadimplência inadmissível, que resulta de problemas de gestão. É por isso que temos que construir uma nova política de microcrédito para o Estado, a partir de experiência de sucesso´, justifica.

A secretária participou na manhã de ontem da oficina de trabalho ´Os Desafios e as Perspectivas das Microfinanças para o Desenvolvimento da Ceará´, promovida pelo Estado, por meio da Seplag e da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT). O evento buscou construir uma proposta de apoio ao segmento destinado a economia familiar e solidária com a participação de ONGs, OCIPs e cooperativas.

O presidente do IDT, Francisco de Assis Diniz, ratifica a preocupação do governo de mudar a política atual de microcrédito. Em 2006, o Programa Crédito Empreendedor liberou R$ 5,4 milhões (oriundos do Fecop), mas registrou uma taxa média de inadimplência de 27%, que em alguns municípios chegou a 29%.

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com

Uma resposta to “Inadimplência no Fecop chega a 33%”

  1. Fernando Jose Barros e Silva said

    Olá!
    Minha sugestão sobre Microcrédito, é que gera milhões de benefícios aos pequenos empreendedores que não têm acesso a bancos e, através de ONGs como a ANDE – Agência Nacional de Desenvolvimento Microempresarial, Credebahia, etc. Acho muito válido essas iniciativas que ajudam centenas de família menos favorecidas.

    Fernando José Barros

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: