Página do Microcrédito

o 1º Weblog sobre microcredito/microcredit & microfinanças/microfinanzas/microfinances

BNB reduz juro e amplia limite do microcrédito

Posted by Página do Microcrédito em 15 junho, 2007

Para empréstimos destinados a capital de giro acima de R$ 1 mil, a taxa cai de 4% ao mês para 3% ao mês

A obtenção de crédito por pequenos empreendedores a juros mais baixos será possível a partir da próxima segunda-feira. O Programa de Microcrédito Produtivo Orientado do Banco do Nordeste (Crediamigo) terá juros mais baixos a partir dessa data.

A redução mais significativa será para empréstimos para capital de giro acima de R$ 1 mil (produtos Giro Solidário e Giro Individual). A queda da taxa efetiva passou de 4% ao mês para 3% ao mês nestes casos, com bônus adicional por experiência positiva no Programa.

Só no Ceará, segundo o Banco do Nordeste (BNB), já foram contratadas 85.230 operações em 2007, que representam desembolsos da ordem de R$ 69,6 milhões neste ano. Isso representa 26% nas quantidades de operações e de clientes atendidos, e de 32% nos valores.

Os bons pagadores serão beneficiados, já que os juros vão sendo reduzidos gradativamente, conforme o cliente contrata novas operações. Para quem já fez mais de 13 empréstimos, a taxa de juros pode chegar a 2% ao mês.

Nos casos em que os contratos são feitos com aval solidário, a taxa será definida em função do número de empréstimos do cliente mais antigo do grupo. Com isso, clientes novos também podem obter a taxa de 2% ao mês, mesmo que estejam fazendo a primeira operação.

“A redução dos juros dos produtos do Crediamigo vem ao encontro da expectativa de nossos clientes. Estamos valorizando também os clientes mais antigos, oferecendo a eles taxas cada vez menores”, afirma o superintendente de Microfinanças e Programas Especiais do BNB, Stélio Gama. A expectativa dele é que a carteira de clientes possa ser ampliada.

Limite maior

A ampliação do limite de crédito para capital de giro é outra alteração feita. O valor máximo emprestado passa a ser 25% maior. Subiu de R$ 8 mil para R$ 10 mil. O BNB também reduziu a taxa dos empréstimos para capital de giro de até R$ 1 mil e para os investimentos fixos (reformas, equipamentos etc.). As taxas cobradas ficaram, respectivamente, em 1,95% e 2,95%.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: